05 Adubos Orgânicos que vão Facilitar sua Vida no Jardim e Horta

Não é de hoje que sabemos o quanto os fertilizantes químicos podem ser danosos à nossa saúde e ao meio ambiente. E cá entre nós, se você começou a cultivar plantas ornamentais ou uma hortinha em casa, no mínimo está em busca do ecologicamente correto e de trazer benefícios ao meio ambiente e para a sua família. Então por que não começar a utilizar os adubos orgânicos que vão direto da casa para o jardim. São ecologicamente corretos, beneficiam a saúde da sua família e não custam caro como os fertilizantes químicos encontrados no mercado. Então vamos lá!

Para começar é preciso entender que as plantas precisam basicamente de três principais nutrientes para ficarem fortes e saudáveis, são os macronutrientes: Nitrogênio (N), Fósforo (P) e Potássio (K). Você já deve ter notado que na embalagem dos fertilizantes químicos aparecem três números grandes, como por exemplo 10-10-10 ou 4-14-8. Isto nada mais é do que a representação das quantidades de N, P e K.

O nitrogênio é necessário para auxiliar no crescimento e partes verdes como as folhas, fósforo para flores e frutos e o potássio auxilia na saúde geral da planta. Sendo assim, não seria mais fácil utilizar o fertilizante químico? Negativo!

Além dos macronutriente também são necessários micronutrientes como Cobre (Cu), Ferro (Fe), Molibdênio (Mb) e outros. A grande realidade é que dentre os diversos fatores essenciais à vida das plantas, precisamos destacar o ciclo que envolve grande diversidade de bactérias, insetos,fauna-e-flora-do-solo-importancia-pedologia fungos, vermes, e outros aspectos como aeração, drenagem e acidez do solo. Ou seja, quando você utiliza adubação orgânica, este ciclo acontece naturalmente. Por outro lado, a utilização de adubação química pode prejudicar muito este ciclo que carinhosamente chamamos de “Biota”.

Agora que você já entendeu qual a importância da adubação orgânica, podemos ir direto ao ponto. Veja quais são os melhores fertilizantes orgânicos que iriam para o lixo e agora vão adubar suas plantas. 

5 – Borra do café

closeup detail of coffee ground in wooden bowlImagem via farmersalmanac

Esta é uma excelente fonte de nitrogênio (N), porém aumenta a acidez do solo, ou seja, ela vai ser muito útil para corrigir solos mais alcalinos ou para fazer adubação em plantas que gostam de solos mais ácidos como por exemplo, hortênsias, rosas, magnólias e mirtilos. A borra do café é um prato cheio para as minhocas e como você deve saber, minhocas melhoram a aeração e produzem o húmus que é riquíssimo para suas plantas. ( Obs: É necessário secar a borra antes de aplicá-la; Caso queira utilizar a borra na horta, certifique-se de colocar o mais distante que puder das raízes das plantas, o ideal mesmo é colocar em um minhocário e depois aplicar o húmus)

Veja também: Mini-doc mostra que é possível mudar o mundo com sistema de agroflorestas de Ernest Gotsch

4- Cascas de banana

adubo-organico-bananaImagem via odairferreira

Adiciona fósforo (P)potássio (K) e cálcio (Ca) às suas plantas. Basta enterrar uma casca no solo ao lado da planta e esperar para que ela se decomponha. Você pode congelar as cascas que vão sobrando e utilizá-las quando achar que for necessário. Outra ideia bacana é mergulhar em água por 2-3 dias e depois fazer uma adubação foliar com o auxílio de um pulverizador.

3- Cascas de ovos

adubo-organico-ovosImagem via ajdourado

São capazes de suprir toda a necessidade de cálcio (Ca) para o desenvolvimento celular das plantas. Se você já observou podridão em seus tomateiros, possivelmente seu solo está deficiente em cálcio. Lave, deixe secar e depois bata as cascas de ovos em um liquidificador até que fiquem com aspecto de farinha, isso ajuda a evitar moscas e diminui o tempo de assimilação do nutriente. As cascas de ovos também são capazes de regular o PH do solo, tornando-os mais alcalinos e evitando a proliferação de lesmas e lagartas. Para uma assimilação de nutriente mais rápida, você pode pulverizar sobre as plantas ou usar diretamente no solo seguindo a receita:

  • 20 casas de ovos
  • 4 litros de água

* Ferva as cascas de ovos por alguns minutos, deixe repousar durante uma noite e em seguida pulverize diretamente na folha das plantas ou regue o solo próximo das raízes.

2- Chá com aparas de grama

adubo-organico-gramaImagem via gramasantarosa

Esta é uma ótima maneira de se obter um fertilizante nitrogenado (N) e dar um destino para as aparas de grama que sobraram depois da poda. Veja a receita:

  • 1 Balde de cinco litros com aparas de grama recém cortadas.

Cubra com água e deixe descansar por 3-5 dias. Depois misture 01 copo do chá em 10 copos de água pura e regue diretamente no solo. Você vai ver as suas explodirem de alegria.

Veja também: Aula Grátis Sobre Como Fazer Adubo Orgânico 100% Vegetal

1- Cinzas de madeira

adubo-organico-cinzasImagem via wikipedia

São uma ótima fonte de potássio (K) e ainda possuem a maioria dos nutrientes essenciais que as plantas precisam para o desenvolvimento. As cinzas de madeira tornam o solo mais alcalino e mais arejado, então evite usá-las em plantas que prefiram solos mais ácidos e argilosos. Você pode obter cinzas em lareiras e fogueiras, basta verificar se outros materiais não foram queimados junto com a madeira.

Bônus – Sal de Epsom

adubo-organico-sal-de-epsomImagem via amantesdavida

O sal de Epsom pode ser encontrado facilmente em farmácias e além de incorporar importantes nutrientes como magnésio (Mg) e enxofre (S) ao solo, é conhecido por dar às plantas uma cor verde profunda. Este é especialmente bom para tomateiros e roseiras, mas também pode ser utilizado em forma de chá para pequenas mudas que precisam ser transplantadas. Veja a receita:

  • 1 colher de sopa de sal de Epsom
  • 4 litros de água

Misture e regue suas plantas. 

Quer aprender mais? 

Visite nosso canal no Youtube clicando aqui!

Se você gostou deste artigo, divulgue, compartilhe!

Escrito por
Mais de Fernando

Roseiras: Principais Pragas e Formas de Controle Alternativo

Depois da publicação do artigo no qual falamos sobre as principais doenças...
Leia mais

30 Comments

  • Adorei as dicas, foram-me de grande ajuda, apesar de sempre ter colocado em meu jardim todos essas dicas, mas nem sempre de maneira correta….obrigado rapaz.

  • gente estou encantada só gostaria de mais uma informaçaõ tenho um pequena hortinha feita en telha canaletaõ os alface cresce bem faco todo o processo que voces insinaran pois tenho composteira mas minhas alfaces naõ fica muito verdinhas posso colocar este sal de EPSOM se puder responder BRIGADAÕ vou aguardar resposta

  • desculpa naõ sabia que tinha que preencher isto tudo ficou como anonimo por favor queria saber mais sobre sal de epsom para minhas alfaces brigadaõooooo

  • Muito interessante o conteúdo. Mas meu problema são essas dores. Quando enfrentei uma crise de dores nas costas, o médico me falou desse colchão ortopédico. Quem daqui já ouviu falar? Parece que trata até insonia.

  • Aristeu Prestes
    Eu gostei, é como eu sempre digo vivendo e aprendendo, ótima ação.

  • Gostei muito das explicações, serviram para me orientar melhor nas minhas mini-hortas que cultivo.

  • Amei as dicas, quero continuar a receber as informações me foram muito úteis,
    Muito obrigado.

  • Os fertilizantes P-K, comprados em casas agropecuárias, supermercados, floriculturas, etc.. Não são fertilizantes químicos e sim minerais extraídos de minas. Assim como tbm: Mg. Mn, Cu,S, etc..
    O N é um sub-produto do petróleo, essencial as plantas e que pode ser usado em hortas caseiras, sem prejuízo algum a saúde humana e das plantas, quando usados sem excessos.
    Os fertilizantes líquidos, além dos elementos minerais, possuem elementos químicos necessários para sua estabilidade e manutenção em sua forma liquida e posterior uso.
    Estes, aliados aos restos de frutas, verduras, cascas (de dentro de casa), minhocas, estercos e as boas práticas culturais, podem ajudar a produzir as hortas caseiras. E, quem tem mais espaço no quintal, pode até ganhar um dinheirinho vendendo para outros que não podem ou não querem produzir, mas pensam em ter uma alimentação saudável.
    Fica a dica para o bom senso.

  • Olá, acabo de ler seu artigo. Era tudo que estava procurando. Tenho uma pergunta sobre o SAL DE EPSOM. Moro numa cidadezinha que nunca ouviu falar dele. Então: Posso substitui-lo pelo sal comum de cozinha ou sal grosso? Gostei muito do seu jeito de explicar, parece fácil de seguir. Parabéns. Vou voltar para aprender mais.

  • Já vi diversas pessoas utilizando sal grosso e até mesmo o sal de cozinha diretamente na terra quando se trata de “coqueiros”, acredito que isso é uma cultura passada de pais para filhos. Acredito também que as pessoas utilizam o cloreto de sódio (sal de cozinha) pois é a forma mais fácil e barata que encontram para adubar o coqueiro. Mesmo que o sal comum possua Na (sódio), deve-se tomar cuidado com as quantidades aplicadas, pois dependendo da dose pode se tornar tóxica até mesmo para o coqueiro. Pessoalmente não costumo utilizar… mas todos teste é válido.

  • Bom dia, estou começando agora e essas dicas vão me ajudar muito com certeza, obrigada

  • As dicas são boas mais poderia me dizer a realidade de em quanto em quanto tempo eu posso usar esses adubos sem prejudicar minhas hortas

    Outra coisa sobre a casca de ovo e pra colocar na panela pra ferver com ele inteiro ou depois de batido no liquidificador posso usar todos os dias

  • Cada caso é um caso e depende de vários fatores como quantidade, clima, frequência nas regas, incidência de luz, entre outros… Sugerimos que faça testes em poucas quantidades e observe os resultados. Uma vez a cada 6 meses pode ser um bom começo dependendo da espécie cultivada.

  • Não perigo de fertilizar demais com estes chás? Poderia fazer um chá único com todos estes ingredientes?

  • Oi coloquei po de ferro que juntei de um torno, no pé de uma parreira e ele está morrendo, tem alguma coisa a ser feito para salvar a planta? e queria saber se ferro é bom mesmo colocar nas plantas?

  • Gostei muito de saber tudo isso, aprender é sempre bom.
    Gostaria de saber quais produtos colocar na composteira, ricos em fosforo!

  • pretendo cultivar verduras,legumes e fruteiras em escala comercial(2ou3)Equitares tenho disponibilidade desses insumos(pó de café, cascas de bananas cascas de ovos) suficiente para adubar essa área! Detalhe, esse cultivo é no “semi-árido” CEARÁ, porém o solo é muito bom e tenho água boa e abundante, qual a quantidade que devo usar de cada um dos três itens(insumo) mencionado acima, para cada grupo( verdura, legumes e frutas)?vcs podem me auxiliar nessa empreitada? muito grato.

  • Gostei muito das explicaçãos, muito legal essas informações.

  • EU TENHO ADUBOS ORGÂNICOS DE ALTÍSSIMA QUALIDADE E RESPOSTA RAPINDA TENHO A TURFA LIQUIDA EXTRAIDA DA LEONARDITA SUPER FISH E MAIS DE 80 PRODUTOS INTERESSADOS ENTRAR EM CONTATO PELO WHATTS 17 992252127 JOSE CARLOS

Comments are closed.