Beldroega, parece erva daninha mas pode ser excelente para sua saúde

Se você pensava que a Beldroega era apenas uma plantinha ornamental semelhante a Onze Horas, você está muito enganado.

A planta, que também é uma hortaliça, é uma planta medicinal extraordinária; sendo conhecida desde os tempos antigos por suas “curas”.

Essa plantinha se originou na Europa e hoje é encontrada em quase todas as regiões brasileiras. Ela pode ser encontrada em jardins, hortas, em terrenos cultivados e até em terrenos baldios.

A Beldroega possui um sabor muito parecido ao do espinafre, no entanto, dificilmente é conhecida como verdura. Ela possui várias propriedades, dentre elas: laxante, diurética e anti-inflamatória.

Essa planta é grande fonte do ácido graxo ômega 3, sendo um dos pouquíssimos alimentos de origem vegetal que contêm esse ácido que é necessário para uma boa saúde.

Além desse ácido, ela também é fonte de betacaroteno, vitamina C e minerais como: magnésio, potássio, ferro, manganês e cálcio. A Beldroega também contém vitaminas B1, B2, B3, cobre, ácido fólico e fósforo.

Como fazer o uso da Beldroega?

Como foi dito acima, a Beldroega é rica em ômega 3, assim é usada no tratamento de problemas cardiovasculares, atuando na manutenção do equilíbrio do colesterol total.

Por também ser rica em vitaminas A, B e C e sais minerais, também possui propriedades diuréticas, analgésicas, purificantes e anti-hemorrágicas.

A Beldroega também usada na medicina popular para tratamento de diarreia, vômitos e hemorroidas. O emplasto de folhas frescas dessa planta também ajuda a aliviar as picadas de insetos e no combate a acne, por sua ação anti-inflamatória.

Beldroega

As folhas da Beldroega também podem ser aproveitadas para a cura de inflamações, queimaduras e queda de cabelo. Basta usar o suco das folhas no local.

Todas as partes dessa planta podem ser utilizadas. O cozimento desse vegetal aumenta a secreção do leite e pode ser diurético. Inflamações nos olhos podem ser curadas pelo seu suco. Suas sementes combatem os vermes intestinais. Queimaduras podem receber a aplicação dos talos e folhas para aliviar a dor das feridas e facilitar na cicatrização.

Uso na cozinha

A Beldroega também pode ser usada na cozinha, cozida ou crua. Suas folhas têm um leve sabor ácido e salgado, podendo ser usadas em diversos tipos de saladas, combinando com pepino e tomate cereja.

Se quiser uma receita mais elaborada, essa planta também pode ser usada para o preparo de molhos para massas, sopas e para substituir o espinafre, quando refogada.

Vamos então aprender a fazer a receita da Beldroega em conserva. Fique atento!

Ingredientes:

  • Uma porção de Beldroega
  • 3 dentes de alho
  • Vinagre de maçã
  • 10 grãos de pimenta-do-reino

Como preparar

Primeiramente, lave muito bem os caules e as folhas da planta. Nada será desperdiçado.

Corte em pedações de, aproximadamente, 2,5cm e coloque-os em um frasco de vidro.

Acrescente o alho picado e a pimenta.

Despeje o vinagre de maçã o suficiente para cobrei e feche o frasco.

Mantenha na geladeira por 2 semanas e após esse tempo, seu Beldroega em conserva está pronto para o consumo.

Este é um artigo de caráter informativo com receitas caseiras, por isso não substitui um especialista. Consulte sempre um médico.

More from Patrícia Vieira

Ar-condicionado sem eletricidade é criado em Bangladesh – Aprenda a fazer um

Bangladesh, localizado na Ásia Meridional, é um país pobre onde a população...
Read More