Conheça Três das Palmeiras Mais Importantes Para Extração de Óleo no Brasil

1 Flares 1 Flares ×

As palmeiras (Palmáceas/Arecáceas) são fontes de alimento e subsistência para o mundo tropical, muitos povos tiram proveito dessas plantas que fornecem fibras, frutos, folhas, palmito, água, remédios, madeira, tudo. São grandes fontes de óleos vegetais ricos em vitaminas, a A principalmente, e a indústria mundial (de cosméticos principalmente) tem dado uma atenção especial para os óleos das palmas.

“Projeta-se que a palma de óleo (dendê) produza em torno de 6 mil quilos de óleo por hectare”, revela o pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) José Carlos Fialho Resende. “A soja, ao contrário, produz em torno de 550 quilos de óleo na mesma área”, diz. 

O óleo de coco no comércio exterior é mundialmente conhecido como Óleo de Copra (Copra Oil), e o dendê como Óleo de Palma (Palm Oil). Conheça as principais palmeiras fornecedoras de óleo no Brasil.

Buriti (Mauritia flexuosa) – Palmeira alta de tronco espesso, folhas em leque, característica das veredas do Brasil Central, Pantanal e Cerrados. Está sempre perto da água. Os frutos são cobertos por uma casca fina escamosa, muito bonitos. Poupa amarela e muito oleosa. O povo do sertão faz doce com essa polpa, um tanto enjoativo. 

butiti fruta 001Imagem via ecodatainforma

Um fato interessante é que seus frutos, ao caírem nos riachos, são transportados pela água que ajuda a dispersar a espécie por toda a região. A dispersão também é favorecida por cutias, capivaras, antas e araras, criando assim uma relação íntima com a fauna local. 

O óleo extraído da fruta tem valor medicinal para os povos tradicionais do Cerrado que o utilizam como vermífugo, cicatrizante e energético natural. As substâncias do buriti também dão cor, aroma e qualidade a diversos produtos de beleza, como cremes, xampus, filtro solar e sabonetes.óleo de buritiImagem via uol

“O buriti é das margens, ele cai seus cocos na vereda – as águas levam – em beiras, o coquinho as águas mesmas replantam; daí o buritizal, de um lado e do outro se alinhando, acompanhando, que nem que por um cálculo.” Guimarães Rosa.

buriti 001Imagem via wikipedia

Dendezeiro (Elaeis guineensis) – Apesar de existir uma espécie amazônica de dendezeiro (Elaeis oleifera) a espécie usada no Brasil e no mundo para a extração de óleo é de origem africana. Segundo a tradição oral essa é mais uma planta que veio junto com os escravos para o Brasil.

Há híbridos entre essas duas espécies, a amazônica e a africana, com o intuito de aumentar a taxa de óleo das sementes e aumentar também a resistência às doenças do dendezeiro africano. Só existe essas duas espécies de dendezeiro na natureza.

O óleo de dendê é o mais usado na alimentação dos brasileiros e não deixa de ser um dos símbolos da culinária baiana. Uma curiosidade é que as samambaias adoram se instalar em dendezeiros.

dendezeiroImagem via davesgarden

KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

óleo de dendeImagem via wikipedia 

Coqueiro (Cocos nucifera) – Uma planta que dispensa comentários porque é conhecida e explorada no mundo todo desde os tempos remotos pelas populações litorâneas principalmente. Do coqueiro tudo se aproveita e a indústria sabe disso muito bem. No comércio exterior se apresenta como Copra Oil ou Óleo de Copra.

O que podemos acrescentar é dizer que não se sabe a origem certa dessa planta e não há país no mundo que possa dizer “o coqueiro é nosso”. No Brasil também é conhecido como Coqueiro-da-Bahia, talvez pra se diferenciar de outras palmeiras que também recebem o nome de coqueiro. 

No que diz respeito ao bom funcionamento do organismo humano, o coco é uma rica fonte nutricional. Estudos indicam que o ácido láurico e o monolauril (triglicerídeos de cadeia média) presentes no fruto, favorecem a oxidação de ácidos graxos e atuam sobre a regulação da tireóide, acelerando o metabolismo orgânico e facilitando o emagrecimento.

coco da bahiaImagem via wikipedia

Coco-verdeImagem via smoky

oleo de cocoImagem via emporionanak

Agradecemos a colaboração de Hugo Arruda Castanho.

Veja também:

Se você gostou deste artigo, compartilhe, afinal conhecimentos verdes nunca são demais!

1 Flares Twitter 1 Facebook 0 1 Flares ×
CompartilharTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook

admin

Brasileiro, paisagista e amante da natureza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.