Jardim em garrafa sobrevive sem água há quase 50 anos

0 Flares 0 Flares ×

A natureza é maravilhosa e encontra diferentes formas de surpreender. O experimento é fruto de mera curiosidade do então engenheiro elétrico – hoje aposentado – David Latimer, que inovou ao cultivar o broto numa garrafa que antes continha ácido sulfúrico, lá em 1960. Então, o recipiente de vidro em formato arredondado recebeu terra, adubo, um broto e 120 ml de água, sendo irrigado novamente pela segunda e última vez apenas em 1972. O resultado foi tão inesperado quanto encantador.

A experiência feita apenas por passatempo durou boa parte da vida do inglês Latimer e, após repercutir, também foi explicada. A garrafa permaneceu lacrada durante os doze primeiros anos de vida da planta e foi aberta apenas em 1972, justo quando recebeu água pela última vez. A luz solar é o único fator externo ao qual o mini jardim está exposto. Ao lado de uma janela, o crescimento das plantas segue a luz e por esse motivo Latimer gira a garrafa de tempos em tempos. Essa luz solar permite que a planta realize a fotossíntese e, por consequência, gerem a própria umidade necessária para a sobrevivência.

Essa umidade forma uma espécie de “chuva”, já que a ação das bactérias sobre as folhas caídas liberam o gás carbônico necessário para completar o ciclo vital de maneira saudável e autossuficiente. O fenômeno da garrafa é considerado como uma amostra do perfeito ciclo da vida, como um mini ecossistema com todos os recursos necessários para a perpetuação da espécie, sem a interferência humana. Além disso, mostra como as plantas fazem a adaptação conforme as condições as quais estão submetidas.

A garrafa com o mini jardim plantado está exposta em sua residência, no Reino Unido, e costuma receber visitas. Quando Latimer se for, ele espera que seus filhos continuem cuidando das plantas, ou que seja doado para a Sociedade Hortícola Real, na Inglaterra.

Que tal começar o seu terrário agora mesmo?

Imagens via timewheelhistoriascomvalor

Veja também:

Compartilhe este artigo nas redes sociais!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
CompartilharTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook
Escrito por
Mais de

Parcerias

Compartilhar
Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.